top of page
  • Foto do escritorsofal0

CÂNCER DE PELE: A IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO



Dezembro marca o início do Verão e também a campanha de conscientização sobre o câncer de pele, inclusive o animal: o Dezembro Laranja.


São diversos os fatores que contribuem para problemas dermatológicos e o câncer de pele, inclusive a predisposição de algumas raças, principalmente as de pelagem clara e curta, além da exposição ao sol, por isso é importante ter atenção durante os meses mais quentes do ano e se prevenir.


Cuidados redobrados no Verão


Quem aí tem um pet que adora correr no quintal, espiar o movimento por debaixo do portão ou na janela? São momentos de pura felicidade para o animalzinho, mas que, em segredo, podem trazer perigos.


Sempre que o pet se expõe ao sol é importante que utilize protetor solar nas áreas expostas, ou seja, nas áreas sem pelos, como barriga, orelhas e focinho, e até mesmo na linha divisória da pelagem no dorso do animal caso seja de pelo longo. O fator UVA/UVB deve ser preferencialmente acima de 30 e o produto específico para pet, portanto, jamais use filtro solar humano em seu animalzinho.


Vale aplicar antes do passeio ou qualquer outro momento em que o animal fique exposto à luz solar, inclusive em dias nublados, pois apesar de não vermos, o sol continua lá emitindo os raios UVA e UVB.


Prefira os horários mais frescos do dia para realizar os passeios, prioritariamente antes das 10h e após as 16h, inclusive para evitar outros problemas relacionados ao calor, como desidratação, e queimadura dos coxins, as almofadinhas das patas.


Além disso, é importante também tomar os cuidados rotineiros com a pele, como banho na frequência adequada, prevenção de pulgas e carrapatos, etc. A pele age como uma barreira natural do organismo e quando está saudável ajuda na saúde sistêmica em geral do animal.


Diagnóstico e tratamento


São diversos os tipos de câncer de pele que os animais podem desenvolver. Todos eles tem em comum, no entanto, a multiplicação das células da pele de forma descontrolada, que pode resultar em conglomerados que originam os tumores. No caso da exposição excessiva ao sol, os raios ultravioletas alteram o DNA das células, originando esse processo de multiplicação, por isso é tão importante se prevenir, principalmente no Verão.


Na maior parte dos casos, o câncer de pele pet apresenta determinados sintomas, como irritação na pele, coceira intensa, manchas vermelhas e/ou escurecidas, alteração da textura da pele, úlceras e mesmo nódulos, além de dificuldade de comer, indisposição e perda de peso.


Mas existem alguns casos que são assintomáticos ou que só chegam a apresentar sintomas quando a doença já está em um grau mais avançado, dificultando as chances de êxito no tratamento.


Por isso é tão importante não só as medidas preventivas adotadas pelo tutor, mas também o acompanhamento regular com o veterinário oncologista, para caso seja diagnosticado algum problema, tenhamos um prognóstico mais favorável.


Caso haja suspeita de câncer de pele, são realizados exames específicos, como a biópsia da região ou nódulo, além de exames complementares, como os de sangue, raio X e ultrassonografia, para confirmar a existência ou não da doença e qual o seu estágio.


A partir disso, é possível determinar qual o tratamento mais adequado para cada caso, que pode incluir a cirurgia, quimioterapia, eletroquimioterapia, dentre outros. De qualquer modo, lembre-se que quanto antes diagnosticado, maiores chances de cura.


Em breve, a Oncozoo estará funcionando para, da prevenção, ao tratamento, ajudar você e seu pet na batalha contra o câncer de pele. Por enquanto, lembre-se de adotar todos os cuidados preventivos, e em caso de dúvidas, envie uma mensagem para nossa equipe clicando aqui.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page